Ir para o conteúdo
Início
/
Notícias
02-12-2019

II Encontro Ação de Saúde na Prevenção da Violência Interpessoal a Importância do Trabalho em Rede

O “II Encontro Ação de Saúde na Prevenção da Violência Interpessoal a Importância do Trabalho em Rede” teve lugar no Auditório António Chainho de Santiago do Cacém, a 21 de novembro de 2019, onde estivem presentes 120 participantes.

Desde maio de 2013, que os profissionais de saúde na região Alentejo estão despertos e trabalham as questões da sensibilização, prevenção e abordagem sobre a Violência nas relações interpessoais ao longo do ciclo de vida tem conduzido a um importante investimento nos Serviços de Saúde, com a implementação das Ações de Saúde para Crianças e Jovens em Risco (ASCJR), e sobre Género, Violência e Ciclo de Vida (ASGCVC). Neste contexto, constituíram-se equipas multidisciplinares nos cuidados de saúde primários e nos cuidados saúde hospitalares, que têm sido alvo de formação específica, foram elaborados documentos técnicos e instrumentos de apoio à sua intervenção.

previous arrow
next arrow
ArrowArrow
Slider

A Equipa Regional das ASCJR e ASGVCV da ARS Alentejo propôs o desafio e organização do evento com a ARS Alentejo, o Conselho de Administração da Unidade Local do Litoral Alentejano, com envolvimento de várias entidades nomeadamente a Câmara Municipal de Santiago do Cacém, e das entidades onde trabalham os oradores que participaram neste momento de partilha de experiências e saberes das equipas que trabalham na região.
Abordamos a importância do trabalho com a rede de parceiros, designadamente a prevenção da violência interpessoal a importância do trabalho em rede”, com a qual pretendemos contribuir para a melhoria da qualidade de vida das pessoas.

Infâncias felizes tornam as pessoas felizes

Aos oradores solicitamos ou paragrafo que resumisse o dia de trabalho sobre o tema e/ou como experienciaram o dia do evento que passamos a citar:
“O combate à violência interpessoal, nas suas variadas formas, deve ser uma preocupação e uma prioridade para todos.
Nessa ótica, o trabalho em rede e a cooperação entre as várias organizações é fundamental para, através das mais-valias de cada uma, criar um complementaridade, por forma a que as respostas dadas sejam cada vez melhores e mais eficazes.
Neste contexto, e em nome da Comando Territorial da GNR de Setúbal, parabenizo a ARS Alentejo por esta iniciativa.”

a Violência Doméstica é um polinómio…, cada caso teve ter uma intervenção por medida de alfaiate em vez de pronto-a-vestir…

“O trabalho em Rede implica a realização de um trabalho de estreita ligação e articulação com os parceiros, em prol de um determinado fim. E é na partilha, entre todos e com todos, de experiências, dificuldades e boas práticas que se podem maximizar os resultados. Sendo a Violência Interpessoal um tema tão complexo e de difícil minimização, torna-se fundamental a reflexão sobre esta problemática, auscultando todos os intervenientes num processo de apoio e, neste sentido, o Encontro “Ação de Prevenção da Violência Interpessoal no Alentejo” foi oportunamente equacionado e realizado. Fico grata por ter-me sido dada a oportunidade de participar em tão nobre acontecimento.” Filipa Santos

o ERRO CRESCE COM A FALTA DE DIALOGO E COMUNICAÇÃO!

“Apenas uma resposta baseada numa rede de confiança permitirá desenvolver uma consciência para a segurança numa sociedade em rede.”
É nos (Des) Encontros que nos vão surgindo que a vida ganha cor; tantas cores quanta a nossa capacidade de imaginar, sonhar e realizar. É na diferença das cores e do reconhecimento das suas várias tonalidades que o artista aproxima e afasta, conjuga e harmoniza para que cada obra de arte seja uma experiência que envolva e transforme o mundo de cada pessoa, contribuindo para a construção de novos significados. A arte da parceria traduz-se na frase “nenhum de nós é tão bom quanto todos nós juntos” (Ray Kroc).

Citações marcantes do encontro …Infâncias felizes tornam as pessoas felizes…, a Violência Doméstica é um polinómio…, cada caso teve ter uma intervenção por medida de alfaiate em vez de pronto-a-vestir…, o ERRO CRESCE COM A FALTA DE DIALOGO E COMUNICAÇÃO!


Partilhar:
Ir para o topo
venenatis tempus Donec libero Aliquam efficitur. venenatis, eget